Bruno, Andrea

Andrea Bruno nasceu em Catania, em 1972, publicou em várias revistas e antologias em todo o mundo. Em 2004, foi um dos fundadores do grupo “Canicola” com quem criou a revista com o mesmo nome. Os seus livros mais recentes são Brodo di niente (Canicola, 2007), Sabato trégua (Canicola, 2009) e Come le strisce che lasciano gli aerei (Coconino Fandango de 2012, textos de Vasco Brondi), também publicado em França pelas edições Rackham, e o “Leporello” serigrafia da série Biblioteca Onirica (Alexander Berardinelli Editore, 2013). Vive e trabalha em Bolonha.

 

Website