Convidado - Magalhães, Henrique

Brasil, 1957

 

Formado em Comunicação Social, pela Universidade Federal da Paraíba, mestre em Ciências da Comunicação, pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e doutorado em Sociologia, pela Universidade Paris VII.

 

Em 1975 criou a personagem “Maria” com um carácter político e contestador. Em 1995 fundou a editora Marca de Fantasia com a intenção de publicar banda desenhada e livros teóricos sobre o tema.

 

Publicações:

“A Incrível História Dos Quadrinhos: Vinte Anos De Quadrinhos Da Paraíba” (1983), edição Acacia;

“O Que É Fanzine” (1993), Coleção Primeiros Passos, edição Brasiliense,

“O Rebuliço Apaixonante Dos Fanzines” (2003), edição Marca de Fantasia;

“A Nova Onda Dos Fanzines” (2004), edição Marca de Fantasia;

“A Mutação Radical Dos Fanzines” (2005), edição Marca de Fantasia;

Cafuçu: uma sátira de carnaval” (2011), edição Marca de Fantasia;

“Humor em pílulas: a força criativa das tiras brasileiras” (2015), edição Marca de Fantasia;

“Academia não é amarelinha” (2016), edição Marca de Fantasia.

 

Prémios:

1994 – Troféu HQ Mix, categoria “Melhor Livro Teórico”, com “O que é fanzine”;

2010 – Prémio Angelo Agostini, categoria “Mestre do Quadrinho Nacional.