Convidado - Oliveira, André

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lisboa, 1982. Licenciado em Design de Comunicação, é hoje copywriter e escritor. Co-editou a antologia de banda desenhada “Zona” e foi comissário da “Trienal Movimento Desenho, 2012”, tendo organizado o evento “BD ao Forte”. Editou curtas de banda desenhada na revista CAIS, de 2012 a 2016, e fez parte do colectivoTheLisbonStudio. Escreveu os livros de BD “Há Sempre um Eléctrico que Espera por Mim” (com Maria João Careto, Bedeteca de Beja), “Hawk”(com Osvaldo Medina, KingpinBooks), “Casulo” (com vários autores, KingpinBooks), “Vil – A Tragédia de Diogo Alves (com Xico Santos, KingpinBooks), “O Incrível Tarantantan de Balbino o Esfutricador”(com Pedro Carvalho, KingpinBooks), “Tiras do Baralho!” (com Pedro Carvalho, El Pep), “Volta – O Segredo do Vale das Sombras”(com André Caetano, Polvo), “Tormenta”(com João Sequeira, Polvo), “Milagreiro”(com André Caetano, Filipe Andrade, Nuno Plati, Ricardo Cabral, Ricardo Tércio, Ricardo Drumond e Jorge Coelho, Polvo), os cinco primeiros números da série “LivingWill” (com Joana Afonso e Pedro Serpa, Ave Rara) e o primeiro da série “Gentleman” (com Ricardo Reis, Ave Rara). Ao longo do seu percurso, tem contado com várias exposições e prémios, entre os quais o Prémio Nacional de BD de “Melhor Argumento para Álbum Português”com “Hawk” (2014) e “Volta – O Segredo do Vale das Sombras” (2015).