Exposições

Desenhar no Escuro, de António Jorge Gonçalves - Galeria Artur Bual

Comissário: António Jorge Gonçalves


Aplicando um processo de inversão, no qual se desenha a branco em vez de preto, António Jorge Gonçalves criou uma seleção atenta de fragmentos da vida quotidiana que inclui paisagens urbanas, clausuras domésticas, deambulações pela natureza…

Na exploração desta linguagem gráfica inédita, o artista acaba por perceber que as suas páginas pretas são como salas às escuras que precisam do lápis branco para revelar o que lá está dentro.

Este site utiliza cookies da Google para disponibilizar os respetivos serviços e para analisar o tráfego. O seu endereço IP e agente do utilizador são partilhados com a Google, bem como o desempenho e a métrica de segurança, para assegurar a qualidade do serviço, gerar as estatísticas de utilização e detetar e resolver abusos de endereço.